O homem e sua força

Por. Matheus Motta
compartilheisso@outlook.com


Já parou para pensar em todas as situações que você enfrentou e conseguiu êxito? Já imaginou aqueles problemas que você mesmo não pensou que suportaria e quando menos esperou, eles fugiram? Pois então, entre tudo que você venceu, pode-se dizer que você teve FORÇA. E é isso que nós, homens, devemos buscar para lutar contra as adversidades da vida. O homem, em geral, é conhecido por ser forte. Mas nem sempre é assim. Sabe por quê? Porque muitos se prendem a força física, e no momento que mais precisam da força interior, acabam por desmoronar. Força física é só um diferencial. A força interior tem que estar no seu DNA. Forças físicas se acabam com o cansaço, já a força interior não! Por ser interior, ela permanece para sempre. E como buscar essa força? Comece a crer. Não use seus sentimentos, use o seu raciocínio. Mas como assim? Você pode se perguntar, e eu lhe responderei. No decorrer dos dias, quando passamos por alguma dificuldade, o que vem primeiro em nossa mente? Chorar, desistir, largar tudo. Esse é o sentimento. Agora, crer que tudo dará certo, AGIR, usar a fé, ter certeza que tudo dará certo… Esse, esse é o raciocínio. Quando os pensamentos de derrota vierem te afligir, use o raciocínio. Diga consigo: – Eu vencerei. Tenho potencialidade para isso. Chega de sofrer! Chega de chorar! Chega de me lamentar! Dê um basta. Use a sua força. Você pode. Você é capaz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.