“Gays não precisam de ajuda, precisam de respeito”, diz Ivete em lançamento de novo DVD

Ivete Sangalo lançou seu novo trabalho em tarde de imprensa com jornalistas em São Paulo, “Ivete Sangalo Acústico em Trancoso”, chega às lojas nesta sexta (29). Durante a entrevista coletiva a baiana de 44 anos falou sobre o filho, carreira, preconceito e crise financeira no Brasil.

No primeiro ​trabalho acústico de Ivete, a cantora experimenta caminhos além do axé e aposta numa sonoridade mais suave, que já fica evidenciada na capa do trabalho, gravado no Teatro L’Occitane em abril passado, em Trancoso, na Bahia.

“A experiência de gravar um DVD acústico foi deliciosa. E, apesar de ser um projeto novo para mim, é fiel à minha história na música, ao que eu sempre fiz! Não é silencioso, nem tímido…Tem movimento e é vibrante! Estou apaixonada por ele!”, diz Ivete. A cantora contou que compôs músicas em homenagem a sua nova família, filho e marido, e que se sentiu honrada em poder fazer isso num show mais intimista.

Ivete lançou no último  dia 6 nas rádios e em todos os serviços digitais, como o YouTube, Spotify e Dezeer, a música inédita “Mais e Mais”, primeiro single de seu novo trabalho. A canção foi composta por Ivete e Duani (com quem ela dividiu os palcos no projeto anterior em homenagem a Tim Maia).

Assista aqui ao vídeo:


Ivete fará uma turnê pelo Brasil divulgando o novo trabalho. A cantora já tem shows marcados em São Paulo, Manaus, Belo Horizonte, Fortaleza e em algumas cidades do interior de Santa Catarina e do Maranhão entre julho e agosto deste ano. E diz que ninguém deixa de comer e vestir para ir aos shows, que a crise financeira em que o país passa deve ser encarado com bom olhos e sempre com uma alternativa para driblar as dificuldades. “Nem todos os shows estão cheios, mas não fico triste, entendo meus fãs”, desabafou.

Ivete voltou com tudo em 2016, além dos já conhecidos shows realizados por todo o Brasil em comemoração às festas de São João,  Ivete se apresentou ao lado de Xuxa Meneghel, no Barra Music, na zona oeste do Rio de Janeiro com casa lotada no início do mês.

A baiana aproveitou a coletiva de imprensa para discursar contra o preconceito, isso depois que dois fãs homossexuais foram agredidos por seguranças durante um show no Centro de Tradições Nordestinas em São Paulo no final de junho.

A cantora que é muito querida pela comunidade LGBT justamente por apoiar e sempre pedir respeito pelo grupo. “Em que a vida dessa pessoa que é gay interfere na sua que não é? Então, minha gente, é levantar a cabeça e ser feliz, porque se tem uma coisa que a gente que está aqui sabe é ser feliz”, declarou a artista, que ainda fez um sinal ousado com os dedos. “Gays não precisam de ajuda, precisam de respeito, só isso”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.