Em São Paulo, Andy Serkis lança ‘Planeta dos Macacos – A Guerra’; saiba como foi o evento

Andy Serkis condenou a falta de reconhecimento para atores que fazem ‘motion capture’. (Foto: Agência Febre / Divulgação)

O ator gringo Andy Serkis está em terras brasileiras trabalhando na divulgação da sequência de filmes “Planeta dos Macacos – A Guerra’ que estreia na próxima quinta, dia 3. Em coletiva de imprensa, num evento gigantesco realizado na zona sul da capital paulista, o ator falou sobre os desafios de encarnar o personagem e a falta de reconhecimento da indústria.

No terceiro filme da série, César busca dar um fim à guerra iniciada no filme anterior ‘O Confronto’, mas uma tragédia familiar muda o seu foco de compaixão para vingança e o macaco líder terá as decisões que colocam muitas vidas em jogo nas suas mãos.

Andy fala que neste longa, o personagem é muito humano: “Ele tem sentimentos, algo que um animal não deveria ter. Ele é mais ‘humano’ que os humanos do filme”, comenta. O longa foi realizado em 5 meses e meio, período que Serkis definiu como uma jornada incrível. “A filmagem foi muito sombria para o Cesar. Em todos os dias de set havia uma intensidade muito grande.”

Ator atendeu jornalistas e influenciadores em evento grandioso em São Paulo. (Foto: Agência Febre / Divulgação)

Sobre o uso de computação gráfica, o ator elogiou os efeitos do novo filme, “muito mais aparentes e bem realizados”. “Tecnologia de movimento é apenas uma tecnologia, não é uma forma de atuar”, completou.

O ator interpreta César a partir de um “motion capture”, seu corpo é usado para dar vida ao macaco, usando de diversos artifícios tecnológicos e o ator acha que falta reconhecimento da indústria cinematográfica. “Não tem uma categoria Oscar que nos premie. Não acham que, por usar de tecnologia, merecemos algum reconhecimento do tipo. É triste, mas o que posso fazer além de continuar prestando um ótimo trabalho?”, desabafa.

Andy Serkis é um dos pioneiros no mundo a interpretar com motion capture e gostaria que o cinema valorizasse o trabalho. (Foto: Reprodução).

O longa traz à tona a realidade dos nossos dias atuais. “Às vezes não nos sentimos governados por ninguém, parece que ninguém está à frente para nos ajudar. É basicamente esse o sentimento do filme”, finalizou o ator.

Planeta dos Macacos – A Guerra’ estreia no dia 3 de agosto nos cinemas brasileiros, com distribuição da FOX Pictures. Veja o trailer abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.