Decepção


O relacionamento envolve duas pessoas, uma e outra se relacionam através da comunicação, da tolerância, do amor, companheirismos, paixão, diálogo e muitas outras coisas. Sempre projetamos no outro os nossos desejos e objetivos, mas nem sempre as coisas saem como imaginávamos e tudo vai por água abaixo então temos decepções.

Como isso ocorre? 
Muitas vezes, as decepções acontecem quando criamos muitas expectativas com uma pessoa.  Criamos na nossa mente inúmeras ideias e sonhos e nos esquecemos da realidade.
 Ou até mesmo você esperava algo a mais da pessoa só que você não foi retribuída (o). Ou em algumas situações veio a acontecer à traição.

Portanto, quando nos deparamos com o fato, ou quando conhecemos a pessoa como de fato como ela é começam as  decepções. Imaginamos que a pessoa era uma coisa e na realidade é outra. 

Fizemos tantos planos com a pessoa, mas vemos que nem tudo e do jeito que queremos que seja, mas isso não significa que não podemos ter metas e sonhos, mas precisamos colocar limites nisso e ter consciência da realidade. 

No namoro, na amizade, no casamento, no trabalho e em tudo que envolve relacionamento entre pessoas haverá a chance de decepção.

Como posso evitar e seguir frente após uma decepção?
Para evitar essa situação é necessário que ambas as partes sejam verdadeiros, primeiro consigo mesmas e depois com o próximo. Onde há verdade e lealdade não há espaço para a mentira nem para a desconfiança.
Você se decepcionou com alguém e ainda não superou isso, tenho algumas dicas para você: o primeiro passo para superar essa dor é se perdoar. Talvez você se julgue e se condene por algum erro do passado, inclusive por alguns cometidos por outras pessoas, e acabou assumindo uma postura que não é sua. Se você não for capaz de perdoar a si mesmo, não será capaz de perdoar a quem a decepcionou. O segundo passo é chamar a pessoa que a decepcionou e ter uma conversa transparente com ele (a). Para isso é importante que cada um saiba ouvir ao outro, para, juntos, chegar a uma conclusão. Dessa forma, verá que algumas situações que você acreditava ser graves, na verdade, não passaram de um mal-entendido e outras, de fato, aconteceram, mas pela conversa podem ser esclarecidas. Nessa conversa franca as coisas vão se ajeitar.

E lembre-se: o perdão não é apenas um sentimento, mas uma decisão. Um bom recomeço!

Por. Thaynara Pereira.
compartilheisso@outlook.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.