#Conheça: Escambau e seu novo clipe “Não Fui Eu”

Still 4 - Não fui eu

A banda Escambau lançou, no último dia 4/12, o clipe de “Não Fui Eu”, o terceiro clipe do disco duplo “Sopa de Cabeça de Bagre”, que foi lançado em junho. A música traz uma das letras mais políticas do álbum e o vídeo amplia o discurso para um comportamento bastante conhecido, o tal do “jeitinho brasileiro”. Segunda faixa do disco 2, “Não Fui Eu” é uma espécie de ‘soul Brasil’ com refrão direto e reincidente.

Sem dúvida nenhuma é a letra do álbum que mais expõe, de maneira grave e direta, a cultural malandragem corruptiva da sociedade brasileira. Trata-se de um comportamento que vem prejudicando o país desde sempre, não só na classe política como em todas as classes. Perguntaram se eu sustento conta no estrangeiro / Eu disse de um jeito malandro, assim bem brasileiro: / Não fui eu!”, é um dos trechos da música, escrita por Giovanni Caruso.

Performático, o grupo vem se destacando no cenário alternativo pela capacidade de experimentação. Apesar de ter forte influência do rock, não aposta em um estilo único. “A gente deixa a canção mandar”, define Ivan, reforçando que os músicos tocam de boleros a guaranias.

Com direção de Raphael Moraes, o clipe aponta na ferida da forma mais sarcástica e, ao mesmo tempo leve, possível. A banda atua na pele dos personagens principais que passam uma encomenda misteriosa de mão em mão até seu destino final e faz uma brincadeira com o próprio nome da música: “Não fui eu”. “A intenção do vídeo foi retratar o que a letra diz e colocar a todos nós no mesmo barco. Do menor ao maior, afinal, quem está salvo de um “não fui eu”?”, pergunta Raphael.

Assista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *