#LucasViaja: Saiba o que fazer no Rio de Janeiro em dois dias

    Saiba o que fazer numa viagem de dois dias para o Rio de Janeiro .

O verão está chegando e tudo que a maioria dos brasileiros mais amam: calor, praia, um visual de arrasar, uma cidade no Brasil pode oferecer tudo isso e um pouquinho mais: o Rio de Janeiro

Mas, nem sempre a gente tem todo o tempo do mundo ou às vezes o chefe não dá aquela esperada folga no feriadão prolongado, mas vamos te dar um roteiro do que fazer na Cidade Maravilhosa em dois dias. Perfeito para um final de semana, ou para um feriado apertado.

Quando se planeja viagem, você pensa em hospedagem e aquela pergunta que você já está cansado de ouvir: “você já pesquisou hotel pela internet?”. Como aqui não é comercial da Trivago, nem faça isso, porque já vou te dar a dica de melhor hotel e custo benefício no Rio: o Hotel Novo Mundo. 

Suíte executiva do Hotel Novo Mundo, no Rio de Janeiro. (Foto: Hotel Novo Mundo).

Passamos dois dias no Rio, na última semana de outubro, para participar do Prêmio Multishow 2017, e o hotel nos acolheu como se fosse a nossa casa: os quartos estavam impecáveis, o serviço de quarto foi ótimo e com funcionários super prestativos; o frigobar tem boas bebidas, televisão de tela plana com canais fechados do mundo inteiro à disposição e pra fechar com chave de ouro: você abre a janela e dá de cara com o Pão de Açúcar, um dos mais conhecidos cartões postais da cidade.

O café da manhã servido das 6h às 10h da manhã, no estilo buffet, é maravilhoso. Você tem um open bar de coisa gostosa pra comer e já dar aquele gás na energia que você vai precisar ter pra desbravar a cidade. É só descer até o restaurante do hotel e arrasar no garfo.

Café da manhã no Hotel Novo Mundo, no Rio de Janeiro.

Uma outra coisa sobre o hotel que é super legal de falar: eles contam com o sistema de early check-in* e late check-out.* “Tá, Lucas, o que é isso?”. Normalmente os hotéis no mundo inteiro tem um horário de entrada e saída já pré-estabelecido, o que acaba ‘atrapalhando’ algumas viagens, já que alguns voos podem sair super tarde e você tem que ficar o dia todo na rua carregando malas, porque precisou sair da hospedagem no horário para não pagar uma nova diária. No Hotel Novo Mundo, você não terá esse problema: durante a sua reserva, você pode combinar de chegar mais cedo ao hotel e, se precisar, você pode sair após o horário do check-out sem precisar pagar uma nova diária. Um hotelzão desses, bicho! 

*Early check-in sempre conforme a disponibilidade na data (não podemos garantir) e somente após ás 09h30/10h00 (antes desse horário deve ser pago meia diária ou diária inteira, vai depender do horário de chegada.

Late check-out sempre conforme a disponibilidade na data (não podemos garantir) e somente até ás 15h00 (após este horário deve ser pago meia diária ou diária inteira, vai depender do horário da saída).

Lounge do hotel Novo Mundo, localizado no Flamengo no Rio de Janeiro.

O Hotel Novo Mundo fica localizado na Praia do Flamengo, num local de fácil acesso e perto de muitas facilidades como bancos, shoppings, farmácias e também do Metrô Catete ou Glória. Para fazer sua reserva, você pode entrar em contato com o hotel através do site, clicando aqui, ou por telefone (21) 2105-7000. Garanto que o rolê já vai começar super bem, diga que viu a indicação aqui 😉

Agora, vamos às dicas turísticas?

Supondo que você chegou cedo ao hotel e com bastante disposição, neste primeiro dia, você pode conhecer alguns pontos turísticos da cidade, em vez de cair de cara, ou de bumbum, na praia.

Cristo Redentor

Veja como chegar no Cristo.

Você conta com algumas opções para conhecer uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno de perto. A estátua mais famosa do mundo (perdão, Estátua da Liberdade), está no alto do Morro do Corcovado e você precisa de transporte pra chegar lá.

Trem do Corcovado

Ingresso inteiro (Alta Temporada) R$ 74,00
Ingresso inteiro (Baixa Temporada) R$ 61,00
Idoso Residente (Mais de 60 anos) R$ 24,00
Criança (6 a 11 anos) R$ 48,00

Mas atenção, os ingressos para o trem do corcovado devem ser adquiridos em casas lotéricas ou através do site, com um dia de antecedência e com horário marcado.

Vans
Chegando até o ponto de encontro das vans no “pé” do Corcovado, você tem a opção de subir até a bilheteria em vans confortáveis pagando R$ 71,00 por pessoa. Porém, alguns garantem que pagando esse valor, você já terá acesso ao Cristo Redentor e ISSO NÃO É VERDADE, já que para subir no Cristo, você precisa adquirir um ticket na bilheteria do Corcovado e subir com outra van até o Redentor.

Uber
Sem dúvidas a melhor opção! É só solicitar um Uber quando chegar o ponto final do Corcovado e subir até a bilheteria do Cristo. Você não vai pagar nem R$ 70,00, nem R$ 60,00, nem R$ 50,00, você vai pagar apenas R$ 15,00. Isso mesmo, QUINZE REAIS.

Mas, como nem tudo é mil maravilhas, você pode ser surpreendido por “guias” que te impeçam de subir alegando que carros são terminantemente proibidos de acessar a bilheteria. ISSO É MENTIRA.

A gente entende que eles precisam ganhar, mas existe uma diferença muito grande entre honestidade e superfaturamento. É só dizer que você sabe que a entrada é autorizada e que irá subir de Uber, apenas isso e seguir viagem!

Outro porém. Combine com o motorista, caso possível, que ele te busque dentro de X horas, pois não existe sinal na bilheteria do Corcovado e você pode sofrer muito por isso.

Carro
Se for subir de carro e se deparar com a situação relatada acima, é só seguir viagem e fazer a egípcia para o guia. Quando chegar à bilheteria, você vai encontrar estacionamentos que cobram um pouco caro, mas é o único jeito se optar por essa condução.

Bondinho

Bondinho é maravilhoso, mas às vezes dá medo.

Dá mais medo que decolagem de avião em dia de chuva, mas vale a pena. É um passeio inesquecível, porque você, enquanto sobe no teleférico, consegue ver a cidade do Rio de Janeiro em 360º. Dá pra avistar as praias de Copacabana, Ipanema, Leblon, a cidade de Niterói, e se sua visão alcançar, a serra do mar e o Pico “Dedo de Deus”. É de tirar o fôlego.

O preço é bem salgado, mas levando em conta que você conseguiu economizar no Cristo, não seja mão de vaca (você está se divertindo!) e faça o passeio.

Adultos – R$ 80,00
Crianças de 06 a 12 anos – R$ 40,00*
Jovens de 13 a 21 anos – R$ 40,00* (mediante documento de identidade)
Crianças menores de 06 anos – Grátis
*desconto não cumulativo

Nesses dois passeios você deve gastar umas 4h do seu dia. Então já é hora de almoçar ou tomar um café da tarde. Como a Urca (bairro em que fica o Pão de Açúcar) fica próximo ao centro e também às praias do Leme e Copacabana, você pode optar por algum restaurante na região. E não faltam opções: das praças de alimentação dos shoppings, quanto dos já famosos fast-foods, até os bistrôs de alto padrão. Cabe ao seu paladar, e bolso, decidirem.

Parque Lage e Lagoa Rodrigo de Freitas

Passar o final da tarde no Parque Lage é uma experiência relaxante.

O parque Lage é famoso por ficar aos pés do Corcovado, como se o Cristo abençoasse aquele local. Já foi palco e cenário para clipes de cantores famosos, como Snoop Dog, e o que encanta é que podem se passar anos e o lugar continua idêntico, intacto. Para as fotos, é ótimo. Além de ser um local super agradável para conversar e descansar um pouco do dia agitado que você, querido turista, já teve.

Mas, antes de anoitecer, tente dar um pulo na lagoa Rodrigo de Freitas. Fica há dois quarteirões de distância do parque e você pode, pra variar, tomar uma água de coco e relaxar à beira de um outro famoso cartão postal da cidade.

Lapa ou Baixo Gávea

Lapa é o bairro boêmio do Rio de Janeiro. Além de ter vários pontos turísticos como os Arcos e a Escadaria Selarón.

A vida noturna do Rio é bastante agitada. Na Lapa, o bairro boêmio da cidade, qualquer dia da semana é dia para uma roda de samba, uma cerveja gelada e um bate-papo sobre a vida com os amigos. Além de ser perto do hotel, se estiver disposto a caminhar, você pode curtir um pouco da noite carioca por lá. As opções gastronômicas da região também são de tirar qualquer barriga da miséria.

Se você não voltou ao hotel e ficou pela região da Lagoa Rodrigo de Freitas, você pode aproveitar e dar um pulo na região conhecida como Baixo Gávea, há uma série de restaurantes e barzinhos que ENCHEM de gente famosa, bonita, simpática e vários universitários e os preços não costumam ser muito altos, afinal, universitários costumam frequentar (hahaha). Arrasa, mas volta pro hotel cedo que o dia seguinte ainda promete.

2º Dia no Rio

Praias

Pre-pa-ra o biquini, a sunga, as esteiras de praia, o protetor solar e as toalhas que você hoje vai queimar um pouquinho no sol maravilhoso do Rio de Janeiro.

Copacabana

A praia de Copacabana é conhecida como “princesinha do mar”. Vale a sua visita!

A princesinha do mar merece uma visita sua! O mar costuma sempre ser um pouco mais agitado que nas outras praias, então cuidado para não levar um caldo (eu sempre levo). A praia é ótima, tem uma água clarinha e a areia fica um pouco distante do calçadão. Se for alta temporada, chegue cedo: o povo toma a praia, e às vezes você nem consegue ver o mar.

Aproveite por umas 2 horinhas, compre uma caipirinha de 700ml dos ambulantes (R$ 15) e vamos pra próxima.

Arpoador e Ipanema

A pedra e praia do Arpoador são pontos lindos da cidade, que valem um banho e fotos. Ipanema é a praia gay-friendly da cidade.

A pedra do Arpoador é um lugar em que você vai querer tirar fotos e vai ficar um pouco V1D4 L0K4, se é que você me entende. A praia do Arpoador é uma pequena faixa de areia, a água é cristalina, lindo de ver e você vai amar se banhar nas piscinas que se formam ali por conta da pedra.

Em Ipanema, eu sei, que andando por aquele calçadão maravilhoso você vai se sentir a própria Helô Pinheiro, Garota de Ipanema, amor. Arrasa no desfilado.

Se você for LGBT, é o próprio paraíso: é a praia gay-friendly do Rio de Janeiro. Dê um pulo no Posto 9 e compre uma sunga personalizada, as manas vão babar nas fotos que você vai postar no Instagram.

Leblon

Garantia de postar uma foto e ganhar 1k de seguidores. O Leblon é conhecida como a praia dos ricos e famosos.

Já dizia Paulo Gustavo: “Se você fizer check-in no Leblon, você ganha 1k de seguidores”. É aqui que você vai fazer aquela foto típica do turista que vai ao Rio, sabe? O Morro dos Dois Irmãos fica na direção da praia, faça a foto ali, poste no Instagram e seja feliz.

Mas já é hora de voltar pra casa, né? Se der tempo, antes de voltar ao hotel, passe na Escadaria Selarón e tire algumas fotos. É um passeio bem rápido, perto do hotel, então vale o tempo.

Deixei de fora alguns roteiros que já estão em alta no Rio como o Museu do Amanhã, o Pier Mauá, o centro histórico da cidade e a Barra da Tijuca, mas pra conhecer esses lugares você vai precisar de mais que dois dias. Se for ficar mais que isso, deixa nos comentários, que te ajudo a fazer alguns passeios bacanas, beleza?

Teremos outras viagens no #LucasViaja, então é só aguardar mais dicas turísticas!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *