#BBB17: Por que Emilly mereceu ganhar o reality?

Emilly é a campeã do BBB17

Acabou na noite desta quinta, 13, a 17ª edição do Big Brother Brasil consagrando a gaúcha Emilly Araújo como a grande campeã que leva para casa o prêmio de R$ 1,5 milhão de reais. Após muita polêmica, bastantes desafetos e uma grande rejeição de boa parte do público, a jovem de 20 anos conseguiu o percentual de 58% dos votos, contra 41% da manauara Vivian e 1% da também gaúcha Ieda. Mas, afinal, ela mereceu ganhar o BBB?

Tiago Leifert, na final, decidiu “tampar o sol com a peneira”, já que exaltou apenas as qualidades de uma das edições mais chatas da história do reality, e trouxe à tona, também, apenas as qualidades das três finalistas.

O apresentador taxou a aposentada Ieda de jogadora “sábia” e disse que ela deveria ser exemplo para todos que um dia desejam ser um Big Brother. Explicou que Vivian foi “lúcida”, e deixou claro que, talvez, ela só não foi a vencedora, pois se juntou com as pessoas erradas. E, finalmente, chamou Emilly de “coração”, porque ela é intensa, um X-Men, que, às vezes, sem querer, machuca quem ela mais ama, por ser imatura. “Entre a sabedoria, coração e lucidez, o público escolheu o coração. A vencedora do BBB 17 é você, Emilly”, anunciou.

“Empoderamento feminino é ter três mulheres na final do programa”, disse Tiago Leifert.

Contrário às muitas críticas sofridas por ela, não vejo em Emilly o que pintaram nela. “Egoísta”, “Egocêntrica”, “Falsa”. Emilly jogou os 81 dias na mesma posição. Horas atacando, horas se defendendo, mas nunca oscilando de um lado a outro. Emilly sonha. “Sou uma princesa”. “Quero ser famosa”. Retratou com sucesso a “Geração Z” que a todo custo quer aparecer, ter muitos seguidores nas redes sociais, e ter uma vida de luxo e ostentação.

Emilly mereceu vencer o BBB, porque já estava vencendo o reality quando enfrentou a própria irmã no primeiro paredão inédito na edição, que levou dois casais de gêmeos para disputar a preferência do público. Mereceu vencer porque toda a trama, brigas, desentendimentos, e o romance do programa girou em torno dela. Em oito paredões, colocou, semana a semana, todos os seus desafetos pra fora da disputa do prêmio principal.

Marcos é expulso do BBB, após ser acusado de agressão

Num relacionamento abusivo com Marcos, traída por Roberta, maltratada por Rômulo e escorraçada por um antigo aliado, Ilmar, a garota permaneceu firme em seu propósito. Seu jogo foi tão bem jogado, que, sem querer, acabou expulsando o próprio namorado da casa, faltando dois dias para a grande final.

Humilhada por 15 participantes, venceu, saiu sozinha e recebeu apenas o abraço da família e o reconhecimento de ninguém menos que Cláudia Leitte. “O coração venceu” porque, às vezes, sermos quem somos, não tentando agradar a todo mundo incomoda. Incomoda muito.

Emilly incomodou tanto que agora é a nova milionária do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *