As Coleguinhas mais amadas do Brasil conquistam o público carioca

Foto Divulgação Quem
Aqui no blog já falamos do novo hit do momento “Loka”, parceria entre Simone & Simaria e a cantora Anitta, sucesso sobretudo nas plataformas digitais como Spotify e Deezer. Além disso, fizemos a cobertura de lançamento da turnê “Live”, no Espaço das Américas em SP e pra quem não conferiu veja aqui.

Dessa vez, quem abraçou as coleguinhas foi a cidade maravilhosa. A dupla que mistura o forró, as modas sertanejas e o badalado sertanejo universitário, nesta última quinta-feira (16) lotou o BARRA MUSIC, casa de espetáculos localizada na Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde os fãs cariocas costumam ir para curtir os artistas desse gênero musical.

Ô ô ô ô, não quero advogado, quero regime fechado com você amor” parece até hino nacional, assim como no DVD “Live” e no lançamento em SP, essa faixa abriu o show com todo o público cantando em uma só voz. É como  Simaria brinca: “é de arrepiar até os cabelo do… braço!”

No setlist do espetáculo, recheado por cenários de LED, e figurinos arrasadores, “Quando o mel é bom”, “Meu violão e o nosso cachorro” se mantém em alta e são hits que todo mundo canta desde o DVD “Bar das Coleguinhas”, gravado em 2015. A destruidora “126 cabides” chega com força no coração do pessoal desiludido e chegado na sofrência.

Nós amamos as coleguinhas, mas shows tem sempre mais do mesmo e como artista só se torna famoso por conta dos fãs que o seguem apaixonadamente, resolvemos falar com fãs de Simone & Simaria.

Patrícia Maria, de 39 anos, mora em Duque de Caxias, município afastado da região oeste onde o show foi realizado, entretanto afirmou que fã não mede esforços para ver os ídolos. “Fã não mede esforços, amanhã trabalharei feliz porque vim curtir as meninas que eu amo. Admiro a história de superação delas, tiveram um início de carreira penoso, horas difíceis, mas no fim Deus estava com elas a todo tempo.” A promotora de vendas conta que ser fã vai além da chacota e deboche dos amigos, é algo que te faz sentir-se ligado à outra pessoa, a torcer e se desejar o bem dela mesmo de longe. Ela contou que sua festa de aniversário teve como tema a dupla sertaneja e seu bolo tinha uma foto enorme de Simone & Simaria. Questionada sobre o futuro da carreira das coleguinhas, Patricia foi enfática. “Sempre esperei que prosperassem, carreira internacional elas já tem, agora a espera é para cada vez mais sucesso”, finalizou.

Patrícia e mais uma amiga participaram de uma promoção do BARRA MUSIC concorrendo ao acesso do camarim para tirar a tão sonhada foto por todo fã da dupla. As duas tietes de Simone & Simaria levaram seus dvds para serem autografados, presentes para as cantoras e saíram de lá realizadas e eufóricas para curtir o show. Patrícia contou emocionada que agora sonha com o dia que poderá vê-las novamente e ficar um pouco mais de tempo, porque as coleguinhas são maravilhosas!
Keila Eduarda, de 21 anos e educadora física é aquela fã que vai de boné bordado com nome da dupla aos shows e até a capa de celular é uma foto das meninas. Ao entrar no camarim, Simone logo reparou “Menina, que foto linda é essa nossa? Eu quero essa capa!”. Keila concorda com a amiga, Patrícia, que as duas são lindas e cantam bem, mas acima de tudo ressaltaram a humildade e o quanto elas se sentiram reconhecidas por serem fãs. “Esperamos quase 5 horas para dar um abraço, trocar algumas palavras e tirar fotos em menos de 5 minutos, mas que valeram muito a pena”, disse eufórica.

Ainda pelo camarim das meninas passaram além da imprensa tradicional, o hilário Rodrigo Santana, travestido de seu personagem Carol Paixão, o colunista e apresentador Léo Dias, o influenciador digital Gominho, a apresentadora Antonia Fontenelle e demais veículos de comunicação.

Ao final do show era visível a satisfação nos olhos das pessoas em geral, mas só na boca dos fãs a gente ainda ouvia músicas sendo repetidas como se o show ainda fosse começar.

Como Patrícia, a fã do camarim, mencionou em nossa entrevista:” nós fãs temos um vínculo diferenciado, fã não cansa de ouvir a mesma música mil vezes, fã sabe que tem música no spotify mas vai lá e compra o CD e o DVD porque compra a ideia e gosta de ter algo tocável a qualquer momento. Eu gosto de sentar e olhar elas dançando na minha TV, não apenas no YouTube. Só não tenho o DVD de Manaus, que é maravilhoso, mas o ‘Bar das coleguinhas’ tenho os dois e agora o ‘Live’ que assisto praticamente todo dia”, confessou gargalhando.

Para outros fãs, é de tudo um pouco, principalmente louco. No entanto, fã é a gasolina que move o artista e é essencial que eles sejam devidamente respeitados e valorizados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *