‘Conspiração e Poder’ mostra que o bom jornalismo requer coragem

No Momento Vivo da semana, assistimos com exclusividade à Premiere do filme ‘Conspiração e Poder’ que estreia em cinemas de todo o Brasil nesta semana. Concorrendo em bilheteria com filmes de grande apelação como ‘Batman Vs. Superman’, o longa pode ser a escapatória para quem quer fugir do embate entre os super heróis.

Fui ver o filme sabendo apenas sua sinopse que estava impresso no convite; fiquei feliz, era de um tema bastante familiar para mim: jornalismo na TV. É um drama autobiográfico, então tudo que ele mostra, por incrível que pareça, é verdade. E acontece muito mais vezes de que apenas na redação da CBS News. E sim em todos os lugares onde o jornalismo acontece. O filme pode ser uma fuga para as aclamadas estreias da semana, mas te garanto: todo jornalista é um super herói.

‘Conspiração e Poder’ – a verdade acima de tudo. (Foto: Divulgação)

Mary (Cate Blanchett) é repórter e produtora do famoso ’60 minutes’ da CBS News. Ela tem como objetivo de carreira desmascarar o presidente George W. Bush, que mentiu ao ser privilegiado para não lutar na guerra do Vietnã. Ela e sua equipe, juntamente com o âncora mais famoso da emissora Dan Rather (Robert Redford), buscam provas, fontes e documentos que comprovem que as afirmações contra o presidente norte americano são verdadeiras. Até que o programa vai ao ar e, momentos depois, há diversas especulações na internet de que os documentos e provas levantadas são falsas. A direção da emissora os obriga a confirmar novamente todas as entrevistas e veracidade das fontes e documentos e descobrem que foram enganados, o que coloca toda a mídia na cobertura do caso e chega a custar suas carreiras e empregos.

Assistindo ao filme, eu percebi que a dia que passa eu sinto mais orgulho de ser jornalista. Vi a realidade dos milhares de repórteres e produtores de TV que enfrentam de tudo para criar e dar vida à suas pautas. A equipe de Mary, por um descuido na apuração, perderam tudo e quase a vida e a sanidade mental em busca da verdade, defendendo aquilo em que acreditavam. Uma eleição estava em jogo. Como deixar o povo reeleger um presidente mentiroso? “A verdade sempre”, como disse Dan em uma das cenas. É isso que defendemos e buscamos todos os dias. Esse foi o nosso objetivo ao começar o curso na faculdade. Essa é a nossa vontade, quando paramos por alguns minutos para falar com você, leitor, telespectador que nos acompanha.

Sai do cinema em prantos e vários colegas de profissão que estavam comigo também! Quantos de nós não somos injustiçados, xingados, chamados de tudo quando é coisa por causa da verdade e da notícia, por causa daquilo que a gente acredita? Vários! Eu mesmo recebo zilhões de críticas quase todos os dias.

‘Conspiração e Poder’ merece um Oscar pelo realismo, intensidade e por mostrar como nós defendemos com paixão o que é justo, a verdade. “Coragem” é isso que temos que ter sempre.

Assista ao trailer do filme

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *