Você está sujeito a mudanças?

Já reparou que a gente sofre evitando sofrer? Conforme acontecem às decepções, a gente vai mudando e mudando até que chega uma hora em que nem nos reconhecemos mais, deixamos de ser nós mesmos pra tentar agradar alguém que virá e, que talvez, não valha essas mudanças. Esse não é você.

Tu é grudento? Um dia alguém vai amar o seu grude. Tu é louco? Alguém vai implorar por tua loucura. É tímido? Alguém vai te fazer feliz aí no seu cantinho. Você se apega fácil? Ah, meu amigo, alguém um dia vai fazer esse apego valer à pena.

Entenda que quem te quer, te quer do seu jeito, ao seu modo. Você é perfeito assim, sendo o que é. E se torna imperfeito, erradinho quando a vontade de ter alguém muda sua essência, porque uma hora ela virá à tona, será que você vai ser tão amado assim?

Mudanças devem acontecer e você deve se sujeitar à elas, quando é algo que vai te beneficiar, quando é algo que vai mudar algum erro ou desvio de caráter seu e que todos nós temos. Quando vai fazer você melhor do que já é e não quando vai te fazer um robô pra um relacionamento. 

Seja você e o resto, já dizia Luan, Tanto Faz.

Por. Lucas Nascimento. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *