Filha se vinga do pai infiel e publica dados do cartão da amante no Twitter


Outra notícia que parece do Sensacionalista, mas não é. Na tarde deste domingo, 13, uma jovem revoltada após descobrir que seu pai estava traindo a mãe, decidiu publicar em sua conta no twitter, os dados do cartão de crédito da amante com a tag #askbelieber. Diversas pessoas realizaram compras exorbitantes que variaram de smartphones a carros. 

A jovem que não quis se indentificar e será chamada de Mariana, contou que estava fuçando os pertences do pai quando achou conversas íntimas com outra mulher no celular. A moça revelou que achou o cartão de crédito na carteira do pai e, que em momento de revolta, decidiu publicar os dados na rede social para que as pessoas comprassem e que a ajudassem a vingar os chifres da mãe. “Eu não vou contar para a minha mãe o que aconteceu, seria uma decepção muito grande para ela. Publiquei os dados do cartão porque o meu pai banca ela (amante), então se ele tem dinheiro pra usar com outra, todo mundo pode gastar o dinheiro dele também”, falou. 

O engraçado, é que a tag #askbelieber é movimentada diariamente por fãs do mundo inteiro do cantor canadense Justin Bieber (21), Mariana é uma delas. A ‘vingadora’ diz que se aproveitou do número de tweets que a tag tem para desabafar e se vingar do pai. E aconteceu! Diversas beliebers, de vários lugares do Brasil correram para as lojas online e compraram livros, músicas, créditos para celular, iPhones, ingressos para shows, o mais extremo foi o pagamento da entrada de um carro. Loucura, né?! 

O Brasil é conhecido por ser o país da liberdade sexual, e embora os brasileiros se revelem muito liberais na cama quando comparados com boa parte de seus vizinhos latino-americanos, eles enfrentam alguns problemas sérios em seus relacionamentos. Uma pesquisa sobre a sexualidade na América Latina, feita pelo instituto Tendências Digitales em 11 países da região a pedido do GDA, mostra que o Brasil apresenta os maiores índices de infidelidade e disfunções sexuais.

Quem olha para os casos de chifre declarados pelos brazucas corre o risco de perder o sono. Entre os homens, o percentual daqueles que dizem já ter traído pelo menos uma vez na vida chega a 70,6%. Entre as mulheres, o número é 56,4% – o maior da região. O levantamento mostra que apenas 36,3% dos brasileiros nunca traíram um parceiro. Só a Colômbia consegue ter um número ainda menor de fiéis convictos: 33,6%. 

“É mais fácil trair no Brasil e na América Latina, onde se lida com a questão de um jeito diferente, de forma não tão condenável, especialmente no caso dos homens”, afirma a psiquiatra Carmita Abdo, coordenadora do Programa de Estudos em Sexualidade da USP, para O Globo. “É um traço cultural do latino em geral, presente também nos franceses, espanhóis e italianos. Se incorpora ao casamento a ideia de que é complicado viver anos com uma pessoa sem ter ao menos uma experiência extraconjugal”. 

Botar um chifre no parceiro não é tão legal, quando uma filha curiosa decide se vingar, não é mesmo? Pesquisando, vimos que o cartão após algumas horas foi cancelado, mas mesmo assim, compras foram efetuadas. A garota, ainda menor de idade, não responderá por crimes de falsidade ideológica e estelionato. A amante deverá entrar em contato com as lojas nas quais as compras foram realizadas e pedir o cancelamento de produto por produto, além de ter que fazer um boletim de ocorrência para que seu nome não fique sujo na praça e comprove o golpe.

Porém, fica o alerta, nunca deixe o cartão de crédito com o amante que têm filhos vingativos. A puladinha de cerca pode custar uma grande dor de cabeça, que não é de chifre, e uma fatura bem alta no cartão de crédito. E você, já galhou seu parceiro(a)? 

Por. Lucas Nascimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *