Existem gays em Hogwarts, diz J.K Rowling


J.K Rowling, a autora da série de livros infantojuvenis mais famosa do mundo, revelou mais um destalhe sobre a história da escola frequentada por Harry Potter. Perguntada no Twitter a respeito da existência de estudantes gays na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, Rowling respondeu na forma de uma imagem que diz: “Se Harry Potter nos ensinou algo, é que ninguém deveria morar dentro de um armário”.

.@claraoswiin But of course. pic.twitter.com/Galu47MT4X
— J.K. Rowling (@jk_rowling) 16 dezembro 2014


A frase veio acompanhada dos óculos do protagonista, além da bandeira colorida que simboliza o orgulho LGBT. Ela também faz referência ao início da história de Harry, que até os 11 anos viveu dentro de um armário, embaixo de uma escada, nas casa de seus tios, onde não era muito bem-vindo. A resposta foi dada a um fã na rede sociail que disse que gostava de imaginar que havia um grupo de estudantes gays em Hogwarts, que se reuniam e podiam se sentir seguros.

Nete ano, a escritora britânica já havia afirmado que um dos principais personagens da série literária, o mago Albus Dumbledore, era homossexual.  

Adaptado por Lucas Nascimento. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *