Afinal a cantora Valeska Popozuda é ou não é ”uma grande pensadora contemporânea?”


Uma questão da prova de filosofia de uma escola pública do Distrito Federal vem provocando polêmica. No teste para alunos do terceiro ano do Ensino Médio, o professor se refere à funkeira Valeska Popozuda como uma grande pensadora contemporânea e pede para os estudantes completarem um dos trechos da música ‘Beijinho no Ombro’. Surpreendidos com a questão, alguns alunos fotografaram a prova e a divulgaram nas redes sociais. A postagem já teve cerca de 2.500 compartilhamentos e 600 comentários. 

”Ser ou não ser? Eis a questão!” Já dizia o grande pensador William Shakespeare, algo que veio a calhar na atual situação da cantora ”grande pensadora” Valeska Popozuda. Mas diferente do que muitos pensam, para ser um ”grande pensador” não tem que ser necessariamente aquele cara que cria e cita belas frases de efeitos morais ou que com sua forma de pensar mudou algo na sociedade, tanto para o bem quanto para o mal. 

Querendo ou não, aceitando ou não. Na contemporaneidade, Valeska Popozuda é uma grande pensadora sim. Seu estilo musical, o funk, traz diversas ideologias, frases de efeito e um pensamento que é compartilhado por pessoas de todo o país. A música discutida em questão é o atual sucesso da cantora ”Beijinho no Ombro” que já tem mais de 22 milhões de acessos no You Tube, querendo ou não, aceitando ou não, a cantora tem que a ouça, tornando-a a difusora de ideologias de uma classe de pessoas, em outras palavras, ironicamente, ela se torna uma ”grande pensadora contemporânea”, como o professor colocou na prova. ”A partir do momento em que Valeska incomoda com o que ela diz, ela se torna sim uma grande pensadora”, diz o professor Antonio Kubitscheck em entrevista ao Jornal da Record exibido na noite de hoje. 

Quando toda uma classe, grupo de pessoas, a sociedade em si passa a repetir, citar, ou apontar algo e com a facilidade das redes sociais compartilhar o que alguém diz, é óbvio que essa pessoa tem significância ou notoriedade na formação da consciência e opinião pública coletiva. Então, jornalistas, críticos, apresentadores de TV, publicitários,  radialistas, personalidades da mídia, cronistas, atores e atrizes, e os cantores obviamente são ”grandes pensadores dos tempos atuais”. Eu não defendo e não curto o funk, mas se um grupo de pessoas é influenciada por aquilo que ela diz, é obvio que ela faz parte deste ”grupo seleto de mentes incríveis”. 

Pra quebrar o clima chato. Separei algumas frases ”super pensantes” de Valeska Popozuda. Cá entre nós, além de ”pensadora”, ela merece um Nobel.

Veja as 5 frases mais repetidas pelos súditos de Valeska Popozuda:


 “Keep Calm e deixa de recalque” 
A frase de uma geração!

“Eu vou te dar um papo
Vê se para de gracinha
Eu dô pra quem quiser
Que a p**ra da b**eta é minha”
É sua e ninguém tem nada a ver com isso! Seu corpo, suas regras…

“Mulher burra fica pobre
Mas eu vou te dizer
Se for inteligente pode até enriquecer
My pussy é o poder”
Girl Power!

“Late mais alto que daqui eu não te escuto”
Uma forma discreta de chamar alguém de cadela.

 “Desejo a todas inimigas vida longa
Pra que elas vejam cada dia mais nossa vitória
Bateu de frente é só tiro, porrada e bomba
Aqui dois papos não se cria e não faz história”
Quem disse que desejar a morte dos inimigos é a melhor solução? Uma vida longa e cheia de recalque é muito mais dolorida! – Foi isso que deu essa polêmica toda. 

Quanta criatividade!

Ouça e veja o videoclipe da música ”Beijinho no Ombro”.

Por. Lucas Nascimento. 
compartilheisso@outlook.com 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.