Giro dos Esportes

Atletismo


Duda conquista a melhor marca do Nacional de Clubes, em Portugal

Está chegando o dia do Mundial Indoor de Sopot, na Polônia nos dias 7 á 9 de Março

O saltador Mauro Vinícius da Silva, o Duda, conseguiu, neste sábado, a melhor marca do Campeonato Nacional de Clubes em Pista Coberta, em Pombal, Portugal. Ao saltar 7,98m, o brasileiro ficou na primeira colocação da prova do salto em distância, e essa competição em Portugal serve para a preparação do Mundial Indoor de Spoot de Duda.

Duda e seus companheiros estão na Europa deis do dia 9 fevereiro, fazendo período de treinamentos no Centro de Alto Rendimento do Jamor, em Lisboa, junto com seu técnico Aristides Junqueira.

Duda está classificado para o Mundial de Sopot graças ao título do Troféu Brasil/2013, com a marca de 8,31m.

Temos outros representantes do Brasil para essa competição na Polônia:

Anderson Henriques – 400 m Thiago Braz – salto com vara Augusto Dutra – salto com vara Mauro Vinícius “Duda” da Silva – salto em distância Ana Cláudia Lemos – 60 m Franciela Krasucki – 60 m Fabiana Murer – salto com vara Keila Costa – salto triplo Geisa Arcanjo – arremesso do peso

Basquete 



Neste último fim de semana, no Ginásio Paulo Sarasate, foi realizado o Jogo das Estrelas do Novo Basquete Brasil. Os times foram divididos entre jogadores brasileiros contra os estrangeiros. Melhor para o NBB Brasil que venceu o NBB Mundo por 126 a 116.

O público viu o ala Alex fazer um duplo-duplo. Com 33 pontos e dez rebotes recuperados o ala foi eleito o MVP do jogo, esse foi o segundo prêmio de MVP do jogo das estrelas na carreira dele. Mas o americano Devon Hardin também chamou atenção do público cearense. Com 20 pontos, 5 rebotes e incontáveis enterradas escutou até pedidos para se naturalizar brasileiro.

No intervalo do jogo houve uma homenagem para as campeãs mundiais de 1994. Hortência, Janeth, Alessandra, Roseli e Helen receberam uma placa comemorativa pelo maior título da história do basquete feminino brasileiro. Essa não foi a única homenagem do jogo. O ala Rogério Klafke, aposentado desde a última temporada, também recebeu uma placa.

Tênis


O Rio Open acabou neste fim de semana. O Brasil só teve um representante nas finais. E foi na final de duplas masculina. A dupla colombiana Juan Sebastian Cabal e Robert Farah venceu a dupla formada pelo espanhol David Marrero e pelo brasileiro Marcelo Melo por 2 sets a 0, com parciais de 6-4 e 6-2.

Já na final feminina o título ficou com a japonesa Kurumi Nara. Ela venceu a tcheca Klara Zakopalova por 2 sets a 1, parciais de 6-1, 4-6 e 6-1. Zakopalova era a favorita na final, porém se sentiu mal e chegou até a chorar em quadra nesta tarde de domingo.

A primeira final disputada foi a disputa pelo título de duplas femininas. A romena Irina-Carmelia Begu e a argentina María Irigoyen venceram por 2 sets a 0 a sueca Johanna Larsson e a sul-africana Chanelle Scheepers, pariciais de 6-4 e 6-0. O jogo durou menos de uma hora, foi o primeiro título da dupla.


Na final mais esperada o resultado foi o que todos já imaginavam. Rafael Nadal venceu o ucraniano Alexandr Dolgopolov por 2 sets a 0, parciais de 6-3 e 7-6. Nadal já jogou 14 partidas em solo brasileiro e está invicto. Foi o segundo título do espanhol neste ano, e o terceiro em solo brasileiro.

Por. Flávia Domingues e Pedro Miranda.
compartilheisso@outlook.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *